segunda-feira, 20 de julho de 2009

Mamãe e seu novo emprego

Diário da Safira
São Paulo, 20 de julho de 2009.

Hoje a mamãe começou seu novo emprego, ela saiu cedinho e voltou quando já tava de noite... Eu fiquei muito feliz quando ela chegou, porque não gosto de ficar longe dela... Mas já faz umas duas semanas que ela tá falando pra gente que vai trabalhar num lugar novo... que é mais longe, mas ela vai ganhar mais dinheiro pra comprar ração... Então, eu acredito nela. Se ela tá feliz, eu também tô.

Na verdade, eu fiquei tão feliz quando ela chegou e ela também tava tão feliz quando chegou que eu já me joguei no chão e virei a barriga pra cima, porque quando eu faço isso, a mamãe me aperta e me aperta e me aperta tanto que chega a fazer cócegas... é muito gostoso.

Depois e foi lá no quarto e viu a bagunça que o Sido fez na cama dela... É que esse gato... eu não sei quem ele pensa que é... quando ele tá de boa, começa a amontoar o cobertor da mamãe e fica brincando de "namorar" com o bolo que forma... é vergonhoso! Credo... eu nem sei porque eu tô contando isso... A mamãe fala pra ele parar eu já falai pra ele parar, mas ele me diz que é coisa de macho... coisa de macho que nada... isso pra mim é falta do que fazer!

Safira =^.^=


Diário do Sido
São Paulo, 20 de julho de 2009.

Hoje foi o primeiro dia da mamãe no emprego novo, ela bem cedo e voltou à noite... Ela disse que agora seria assim porque o emprego dela é um pouco longe, mas tudo bem eu já me acostumei com isso... Só a gata que fica choramingando... mas isso é coisa de menina.... Macho não chora!

Quando a mamãe chega a gata-safada fica tirando a atenção da mamãe de mim... ela rola no chão e mia e mia... faz o maior charme, mas a mamãe brinca com os dois ao mesmo mesmo... Eu também faço minhas graças pra chamar a atenção da mamãe... chego bem pertinho dela e esfrego só o rabinho na perna dela. è tiro e queda... ela me enche de apertos! hehehe

Só que não durou muito a melação pro meu lado porque a mamãe foi pro quarto e viu que eu tinha dado uns amasso com o cobertor... putz! Ela sempre fala pra eu parar com isso, mas eu já expliquei pra ela que isso é coisa de macho.... eu preciso liberar o stress... E aquela gata puxa-saco fica imitando a mamãe e falando que o que eu faço tá errado... Ela não sabe de nada... meninas nunca sabem de nada... só entendem de fazer manha... É fogo, viu!

Sido =^.^=

Um comentário:

Carolina disse...

Depois de trocentos anos...o diário voltou! E com emprego novo, uhuul! Parabéns, Jú! E compra um bichinho de pelúcia para o Sido, assim ele deixa o cobertor em paz rs.
Beijão.